No Frasqueirão, o papão é o ABC
ABC

No Frasqueirão, o papão é o ABC

Com uma campanha que superou todas as expectativas, dentro do G4 durante toda a primeira fase do Brasileiro e um aproveitamento diferenciado na segunda, o ABC chega motivado e sabendo que a conquista do acesso neste sábado ( 17) jogando no Frasqueirão lotado, depende de uma vitória diante de um Paysansu que vem no desespero e que merece atenção.

Campanha irretocável durante toda a competição, treinador com o grupo na mão e um vestiário absolutamente controlado são alguns fatores que motivam o torcedor do ABC na busca do acesso e mais na frente quem sabe, de um bi campeonato nacional.

Outro fator importante dentro do ABC é o administrativo e financeiro, onde o presidente Bira Marques vem mantendo salários de todos os profissionais rigorosamente em dia, o que não é comum na maioria dos times que disputam a Série C.

Os números mostram que dentro do Frasqueirão, o bicho papão é o ABC de Fernando Marchiori e empurrado por mais de 15 mil torcedores tem tudo para confirmar o acesso para a Série B.

Ao Paysansu só interessa a vitória, mas imagino que ainda assim o time bicolor não vai se abrir por inteiro, vai jogar por uma bola, tentando explorar os contra-ataques e é onde o ABC precisa ter atenção.

Pés no chão

Se do lado do torcedor existe uma motivação e uma confiança enorme na conquista do acesso, dentro do elenco existe um sentimento de respeito pelo adversário e a consciência da necessidade de fazer hoje, o melhor jogo da temporada.

Na última coletiva antes da decisão, Marchiori falou do momento que vive o ABC

” Temos um bom elenco e estamos acostumados com a competição,onde cada jogo é uma batalha, o Paysandu é uma equipe muito forte, rápida do meio de campo para frente, qualificada e muito bem treinada, o que nos obriga a estar atentos a tudo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.