Brigatti pede cuidado com as cobranças
América

Brigatti pede cuidado com as cobranças

João Brigatti leva para Juazeiro, a pressão e a obrigação de vencer o Icasa no sábado (28) cinco da tarde na Arena Mauro Sampaio. Qualquer outro resultado que não seja de vitória, vai aumentar a pressão e o grau de dificuldades na busca da classificação para a segunda fase da Série D.

No Tocando a Bola da 98FM de segunda-feira, Brigatti falou da importância da vitória, de não repetir os erros cometidos na partida contra o São Paulo Crystal

” Não tem nada perdido, vai ser difícil a gente buscar a classificação, tem outras equipes buscando por isso e que sirva de alerta ( atuação contra o São Paulo Crystal ) eu vim aqui para vencer, nós somos vencedores. Esse tipo de cobrança, não só minha, de vestir uma camisa grande a gente tem que estar preparado. Na próxima partida vocês podem ter certeza que vão ter algumas situações de mudanças e vocês vão ver uma equipe comprometida com a busca da vitória”

Desfalques

” O Araújo, o Rafael Carioca são jogadores que estavam em uma crescente. o Araújo fica fora pela expulsão que no meu modo de ver foi injusta. teremos mudanças para que a equipe possa ter uma situação de mais envolvimento, principalmente no setor ofensivo para que crie mais situações de gols. Na partida contra o São Paulo tivemos várias situações de cruzamentos da linha de fundo que a gente não conseguiu preencher a área do visitante e atacar a bola na busca de gols”

A gente está tendo conversas diárias com a diretoria, já foi passado que precisamos de duas ou três contratações para que a gente possa dar uma qualificada principalmente na experiência da nossa equipe, a diretoria está correndo atrás. Não dianta inchar o elenco tem que ser contratações pontuais

Cobrança moderada

” Nós temos que tomar muito cuidado em relação a cobrança dos atletas. Em time de massa a cobrança é muito grande principalmente quando você trás um atleta da Série A2 do Campeonato Paulista onde ele joga totalmente sem pressão de torcida e quando encontra um cenário de cobrança como esse do América pode ser que no primeiro momento o atleta sinta e não consiga render tudo aquilo que ele sabe. O Felipinho é um atleta de qualidade e a gente tem que tomar um cuidado muito grande até em uma eventual readaptação e logicamente a gente vai analisar direitinho tudo isso”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.