Sem comprovante vacinal, atleta profissional de futebol não ganha condição de jogo
CBF

Sem comprovante vacinal, atleta profissional de futebol não ganha condição de jogo

Em função da pandemia de Covid-19, o setor de registros da CBF implantou uma medida importante para a liberação de atletas profissionais de futebol.

Agora para poder atuar, além do registro no BID e da apresentação da certidão negativa da Justiça Desportiva dando conta que ele não carrega nenhuma punição pendente, que já eram exigidos, é obrigatória a apresentação do Comprovante Vacinal, que é encaminhado pelo médico do clube para o Departamento Médico da CBF.

O ABC tem um caso muito claro, que é o volante Wellington Reis ( foto ) que veio do Aimoré do Rio Grande do Sul, e veio para o alvinegro apenas com a primeira dose da vacina. Em Natal, tomou a segunda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.