A montanha pariu um rato
Copa do Nordeste

A montanha pariu um rato

A expressão é utilizada para designar alguma coisa que após muita expectativa, ameaça, ocorre apenas algo insignificante. Foi mesmo o que aconteceu na reunião na CBF, nesta quinta-feira depois que o presidente da entidade convocou dirigentes de clubes que integram a Liga do Nordeste ?

O teor da convocação da CBF falava em medidas que seriam adotadas pela CBF pelo fato da Liga não ter apresentado prestação de contas à confederação e estava muito clara a animosidade do presidente da CBF com a Liga do Nordeste, em especial com Alexi Portela, presidente que renunciou.

A reunião desta quinta-feira (10) foi segundo o presidente do ABC, Bira Marques: “Os clubes sairam fortalecidos da reunião, a CBF reconheceu os poderes da Liga do Nordeste e manteve as competições até 2027”.

Autonomia da Liga permanece intacta depois dessa reunião ou mudou alguma coisa, já que a gestora comercial e publicitária por acordo firmado com a CBF é a Liga?

Já existem rumores de transferência de poder decisório e gestão, inclusive comercial.

Premiação

Eliminatórias Fase 1 – R$ 1 milhão divididos por 8 clubes Fase 2 – R$ 626.125,00 divididos por 4 clubes Fase de Grupos Grupo 01 – R$ 12 milhões divididos por 4 clubesGrupo 02 – R$ 8 milhões divididos por 4 clubes Grupo 03 – R$ 6 milhões divididos por 4 clubes Grupo 04 – R$ 4 milhões divididos por 4 clubes Fase final Quartas – R$ 4,4 milhões divididos por 8 clubes Semifinal – R$ 2,6 milhões divididos .

Ora, o atual contrato com a Liga do Nordeste foi ajustado e assinado pelo próprio Ednaldo Rodrigues na condição de presidente da CBF e reconhecer autonomia da Liga e manter as competições até 2027 não foi nenhum ato de bondade ou favor do mandatário da confederação.

A montanha, realmente pariu um rato? O tempo vai dizer!

1 Comentário

  • Tom França 10 de novembro de 2022

    Mas que “puxa encolhe”, hein?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.