Ex-presidente da Liga do Nordeste não acredita em intervenção
Copa do Nordeste

Ex-presidente da Liga do Nordeste não acredita em intervenção

Conversei com Eduardo Rocha, ex-presidente da Liga do Nordeste, sobre a reunião de quinta-feira (10) na CBF com os presidentes dos clubes

” A Liga do Nordeste é uma entidade privada do ponto de vista jurídico eu não vejo como( intervenção). Ou seja a associação dos clubes, a Liga é uma entidade autônoma não sendo como as federações que essas sim são filiadas a CBF. A Liga existe face o permissivo legal previsto na lei Pelé”.


Eduardo Rocha disse ainda que “de outra banda, a Associação não recebe um centavo da CBF portanto só tem o dever, a Liga tem obrigação de prestar contas aos seus filiados de conformidade com o seu estatuto”

Para o ex-presidente da Liga ” Face a renúncia do Presidente Portella, a Liga continua sendo representada por seu substituto legal que por decisão dos clubes resolveram em 60 dias fazer novas eleições”.

Do blog

O que me deixa preocupado é que uma conquista dos clubes nordestinos esteja um sério risco de acabar, através de uma possível intervenção justamente na gestão de um nordestino à frente da CBF, Ednaldo Rodrigues, que por muito tempo presidiu a Federação Baiana de Futebol. Tudo caminha para uma intervenção, ainda que “branca” mas uma intervenção.

A Liga do Nordeste terá que obrigatoriamente se reinventar e criar um novo modelo de gestão e governança para superar esse momento extremamente complicado e evitar que a competição escoe pelo ralo. Os clubes tem aqui um papel fundamental. Permitir que a Copa do Nordeste fique sob a tutela única da CBF é o princípio do fim.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.