Olho na Copa do Nordeste; risco de intervenção ?
Copa do Nordeste

Olho na Copa do Nordeste; risco de intervenção ?

A situação da Liga do Nordeste continua desconfortável dentro da CBF, depois que veio à tona, a inexistência de prestação de clubes, exposta pelo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues e que pegou os clubes de “surpresa” como foi dito por vários dirigentes.

A renuncia do presidente da Liga, Alex Portela, por si só não foi o suficiente,tanto que na quinta (10) acontece uma nova reunião na CBF com os clubes e federações que irão participar da Copa do Nordeste em 2023.

Não será surpresa se a CBF assumir a gestão – intervenção mesmo – da Copa do Nordeste, como já acontece com a Copa Verde, o que seria um desastre do ponto de vista financeiro para os clubes. Foi através da Copa do Nordeste que o futebol regional se fortaleceu e é a competição mais rentável do Brasil, se respeitada a lei da proporcionalidade.

A Liga do Nordeste é neste momento a gestora comercial da competição, é a responsável pelos negócios que geram milhões de reais a cada edição da Copa do Nordeste, mas não prestava contas aos associados – o que confesso, custei a acreditar – e isso, que foi levantado pelo presidente da CBF, Edinaldo Rodrigues, poderá ter desdobramentos ruins, em nível financeiro, para os clubes.

Presidente do ABC, o VP do América e o VP do Potiguar de Mossoró, acompanhados do presidente da FNF, José Vanildo, participam da reunião de amanhã no Rio.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.