ABC sobra na decisão e conquista o Estadual
FNF

ABC sobra na decisão e conquista o Estadual

Primeiro tempo de pressão do ABC ao longo dos 46 minutos de jogo, com Felipinho e Fábio Lima pela esquerda, Varão e Kelvin pela direita, contra um América que chegou duas vezes , e na segunda, Elvinho empatou. Mas o time de Leandro Sena não levou perigo ao gol de Pedro Paulo, diferente do ABC que buscou o jogo o tempo todo. Wallyson abriu o placar e Elvinho empatou.

Agora, chamaram atenção as mudanças feitas por Leandro Sena, começando o jogo com um time muito mexido.

Time teve lampejos no primeiro tempo, mas no segundo, mesmo com o gol da virada de Wallace Pernambucano , o time não conseguiu incomodar.

No segundo tempo, o ABC continuou melhor em campo, sobrou no jogo e não chegou a ser incomodado pelo América que não teve, diferente de outros jogos qualidade de armação no setor de meia, e consequentemente sem força ofensiva.

Foi justa a vitória do melhor time ao longo dos mais de 90 minutos da decisão do Estadual.

Placar de 4 a 2 poderia ter sido maior, gols de Wallyson (2) Jefinho e Fábio Lima. Elvinho e Wallace Pernambucano marcaram os gols dos rubros, mas não suficientes para superar o ABC.

Público foi de 15 mil e 69 torcedores e renda dr 191 mil 320 reais.

Com o título, além da Copa do Brasil conquistada no primeiro turno, tem agora a Copa do Nordeste 2023.

Wallyson marcou dois na final. Foto: Renê Carvalho

8 Comentários

  • Henrique 13 de abril de 2022

    Meu Deus… !!!

  • Neto Costa 13 de abril de 2022

    Respeita o Marcos, derrotado! Foi um banho de bola!

  • José Marcelo 13 de abril de 2022

    Achei essa sua reportagem meio q tendenciosa, América chegou bem mais cm perigo porém não conseguiu transformar as chances em gol, isso não tira o mérito do América, agr falar q sobrou falou besteira, abc chegou 5 vezes e fez 4 gol, América chegou bem mais só fez 2, acho q já passou da hora de vc assumir q e abc.

  • Medeiros 13 de abril de 2022

    Henrique Alexandre, o choro é livre. ABC campeão, com goleada na final. Sobrou em campo. Agora é descansar pq sábado já tem jogo na série C.

  • João Batista Félix de Sousa 14 de abril de 2022

    Os dois jogos o placar moral era para ser 8×2 para o ABC, agradeçam muito ao VAR e os péssimos sopradores de apito do RN

  • Tom França 14 de abril de 2022

    O ABC, mesmo com um elenco limitado, mais uma vez sobrou no campeonato. Só não ganhou de forma direta, porque o retranqueiro do Moacir Júnior conseguiu perder aquele jogo contra o Potiguar, em Mossoró! Com a chegada do Marchiori, além do time aplicar a maior goleada do campeonato, ainda saiu invicto desde que assumiu o comando da equipe, marcando 14 gols em cinco jogos, e tomando apenas 4. E ainda terminou de forma invicta. Esse realmente mostrou ao Moacir Júnior, como se faz. Parabéns ABC! Agora é mudar a chave e começar a batalha, pelo acesso à série B.

    • Alexandre Greggi 14 de abril de 2022

      A memória do Tom é muito curta. Moacir Júnior tirou o time do inferno, da série D, teve que remontar um elenco com pouco dinheiro. Ganhou o primeiro turno do campeonato e jogou com o time misto em Mossoró. Não fale bobagens, vai comemorar o título.

  • Beni 14 de abril de 2022

    6×2 seria o placar mais adequado. O América foi um gatinho diante da superioridade alvinegra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.