Alecrim recebe taça de Campeão da Segunda Divisão em evento na sede da FNF
FNF

Alecrim recebe taça de Campeão da Segunda Divisão em evento na sede da FNF

O Alecrim fez a festa no domingo, mas recebeu a taça de campeão da Segundona nesta quarta-feira (16). Com uma emocionante reta final, o Campeonato Potiguar Segunda Divisão só conheceu seu campeão na última rodada. As partidas dos líderes Alecrim e Laguna, que ainda brigavam pelo título empatados em pontos, aconteceram em municípios diferentes, simultaneamente, o que impediu a taça de ser entregue a tempo da comemoração em campo. 

Após a partida, o Alecrim recebeu um troféu simbólico. O troféu oficial foi entregue em cerimônia realizada no auditório da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol na tarde desta quarta-feira, com a participação do presidente José Vanildo, que fez questão de homenagear o clube centenário.

“Merece uma homenagem de todos nós pela história, pela luta, pela superação das dificuldades e de todo o sacrifício que exige fazer futebol. A atual gestão que deu um tom diferente à base do Alecrim, clube que visa formação de atletas. Os grandes campeões da temporada foram as melhorias na qualidade da gestão das equipes” 

À mesa com o presidente da FNF, estiveram o ouvidor da FNF e ex-presidente do Alecrim, Orlando Caldas, e o presidente do Alecrim, Luís Henrique Saldanha.  O dirigente comentou as dificuldades e agradeceu o apoio da FNF.

“Só sabe fazer futebol quem está do lado de cá. Não se faz só com romantismo, é preciso capital, investimento. O futebol é uma economia, quando a gente investe no futebol a gente está investindo em educação, em cultura. Futebol é um instrumento de oportunidades. Além de títulos, a gente pretende formar o cidadão, formar pessoas melhores. Agradecemos à Federação pelo apoio e parabenizamos pelo feito histórico. Fez o América campeão nacional, o ABC conquistar o acesso, e o Alecrim voltar a conquistar um título depois de anos. Eu enxergo que a Federação teve um papel relevante no futebol potiguar, e fez isso sozinho, procurando fomentar do jeito que pode. Que o alecrinense volte a participar e contribuir com o clube.” 

Além do troféu oficial e medalhas, o presidente José Vanildo entregou outras honrarias. Ao presidente Luís Saldanha, foi dedicada a medalha Nota Potiguar “como símbolo que essas ações alcancem todos os clubes do nosso estado, principalmente aos que tem mais dificuldades.” Ao professor técnico do clube, Higor César, foi entregue uma edição do livro sobre o Estádio Juvenal Lamartine, de Rubens Lemos. O técnico agradeceu o apoio da FNF para participar do curso de Licença A da CBF. “Agradeço a vocês, era um sonho que eu tinha de fazer o curso. Foi proveitoso, fiz amizades, fiz curso com profissionais renomados e o objetivo é buscar cada vez mais estudos”, agradeceu. 

A torcida também marcou presença na cerimônia. Dona Severina, alecrinense de 76 anos, recebeu uma bola oficial do campeonato assinada pelos presidentes da FNF e Alecrim, e foi aplaudida ao deixar uma declaração de amor ao clube do coração. “Amo esse clube de paixão desde 1964, a pedido de meu querido pai. Eu nunca deixei de amar. Mesmo que eu sentisse perdida, eu pedia para o clube renascer, e ele renasceu. Eu vou continuar até o fim da minha vida sendo alecrinense de corpo, alma e coração”, se emocionou. 

1 Comentário

  • Medeiros 16 de novembro de 2022

    Parabéns, Alecrim. De volta ao seu lugar, entre os grandes do RN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.