Treinador do Visão Celeste entrega o cargo e diz que não aceita interferência no futebol
FNF

Treinador do Visão Celeste entrega o cargo e diz que não aceita interferência no futebol

Desde a quarta-feira passada que existiam indício da insatisfação do treinador Carlos Gutemberg, com a ingerência do presidente do Visão Celeste, o Pastor Sandoval, no futebol do clube.

A gota d’água segundo Berg foi no treino desta sexta-feira (14) quando o dirigente fez uma “palestra” para os jogadores dizendo que não estava gostando do desempenho da equipe, que os jogadores não “estavam correndo” e querendo, de acordo com Berg impor escalação da equipe

” Não aceito esse tipo de interferência. Já na semana passada antes do jogo de Mossoró, não treinamos por conta de uma ação parecida com a de hoje e tivemos um prejuízo enorme. Como é que na véspera de um jogo decisivo ele ( Sandoval)faz uma coisa dessas. Não aceitei, tivemos uma discussão e entreguei o cargo. Dizer que os jogadores não estão querendo, não estão correndo? Uma boa campanha, com a maioria sem receber salários, viajando para Mossoró no mesmo dia do jogo”.

O Visão Celeste é o segundo colocado com 8 pontos e no domingo tem um jogo decisivo na Arena América contra o Alecrim, que é o líder com 12 pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.