Morre Alberi, um dos maiores ídolos do futebol potiguar
Luto

Morre Alberi, um dos maiores ídolos do futebol potiguar

Morreu na noite da sexta-feira ( 28) o craque Alberi, que marcou história vestindo a camisa do ABC.

Pernambucano de nascimento, o eterno camisa 10 do Mais Querido criou uma identificação muito grande com o clube e a torcida alvinegra.

Alberi José Ferreira de Matos tinha 77 anos e estava internado em um hospital particular da capital potiguar devido a complicações da diabetes.

Em 1972, pelo ABC, Alberi recebeu uma das maiores premiações para um jogador de futebol brasileiro: o troféu “Bola de Prata”, que era organizado pela revista Placar. A conquista completa 50 anos em 2022.

Além do ABC, jogou por Santa Cruz, Sergipe, América-RN, Campinense Clube, Baraúnas e Alecrim. Pelo América, maior rival do ABC, foi campeão potiguar em 1977.

Com a camisa alvinegra, Alberi conquistou cinco estaduais (1970, 1971, 1972, 1973 e 1983), fez 408 jogos e marcou 210 gols, sendo o segundo maior artilheiro do ABC. Alberi foi homenageado e dá nome ao Centro de Treinamento do Departamento de Futebol Profissional, o CT Alberi Ferreira de Matos.

O presidente Bira Marques decretou luto oficial de três dias.

Alberi está sendo velado no Centro de Velório São José (Lagoa Seca). A missa será celebrada às 14h, no mesmo local. Já o sepultamento ocorrerá às 16h, no Cemitério Morada da Paz Zona Norte.

Homenagens

A FNF emitiu Nota de Pesar lamentando a morte de Alberi, a quem classificou como um dos maiores ídolos do futebol potiguar de todos os tempos.

O América também lamentou a morte de Alberi através das redes sociais do clube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.