Empate no “primeiro tempo” da decisão do Estadual Nota Potiguar
Notícias

Empate no “primeiro tempo” da decisão do Estadual Nota Potiguar

O ABC criou muita dificuldade para a defensiva do América no primeiro tempo, com Fernando Marchiori levando vantagem no aspecto tático da etapa inicial.

O ABC abriu o placar com Kelvin e teve depois as melhores chances de ampliar o placar, mas foi o América que chegou ao empate com William Marcilio depois de cobrança de falta de Araújo. Em seguida, Kelvin aproveitou falha de Leozinho e põe cobertura marcou o segundo gol alvinegro. Durante todo o primeiro tempo o ABC trabalhou melhor, com a bola no chão levou sempre mais perigo ao time rubro. O 2 a 1 para o ABC foi justo pela melhor organização que teve.

Na segunda etapa, o ABC não repetiu a mesma atuação da primeira, e o América cresceu no jogo, empatando com Wallace Pernambucano cobrando pênalti, de Felipinho em cima de Rodrigo.

As substituições de Leandro Sena foram mais efetivas, do que as de Fernando Marchiori, que não tem muito o que fazer na hora de substituir, mas ainda assim, o ABC teve q bola do jogo nos pés de Wallyson dentro da área em rebote de Bruno Pianissola. No último minuto do jogo, contra golpe rápido do América que Maycon Félix de cabeça na pequena área mandou para fora.

Mais uma vez destaque para o público de 21.696 torcedores na Arena das Dunas para uma renda de 275 mil 130 reais.

Agora é o “segundo tempo” no Frasqueirão, oito e meia da noite para conhecermos o campeão 2022.

Kelvin, o cara do clássico. Foto: Renê Carvalho

Fernando Marchiori , treinador do ABC

” Parabenizar o grupo, tivemos condições de matar o jogo mas faz parte. Jogando sem seis ou sete atletas, o resultado foi bom. Soubemos neutralizar bem o nosso adversário e controlar o jogo. Temos que escalar conforme as necessidades que temos, caso do Fábio Lima que no jogo passado foi taticamente perfeito e hoje jogando na dele foi muito bem,a gente sabe que ele é forte na função dele. Pouco a pouco os atletas vêm identificando as nossas ideias em pouco tempo para que eles entendam tudo o que queremos”.

Foto: Canindé Pereira

Leandro Sena, treinador do América

“Primeiro tempo muito abaixo do que costumamos jogar e no intervalo cobrei. Segundo tempo bem melhor e a gente poderia até ter vencido mas o 2 a 2 mostrou o equilíbrio do clássico. O ABC veio com a proposta de colocar sete homens atrás da linha de bola e explorar Wallyson e Fábio Lima. No primeiro tempo tivemos enormes dificuldades mas no segundo as chances apareceram até com chance de vencer o jogo”.

2 Comentários

  • Tom França 10 de abril de 2022

    O ABC jogou com sete homens atrás da linha da bola? É sério que Leandro Sena disse isso, depois das inúmeras chances que o ABC criou, principalmente no primeiro tempo? Tá de brincadeira, né? Treinador sempre arranjando desculpa pra justificar os erros do time dele!

  • Carlos Henrique Chal 10 de abril de 2022

    Mais uma vez o VAR, Deixou a desejar contra o ABC. O pênalti marcado mais uma vez não houve. Os dois jogadores foram para disputar a bola, choque normal e o jogador do ABC, tirou a bola para escanteio limpamente.
    Agora a bola do jogo foi a chance perdida por Wallysson, duas vezes na mesma jogada. O ABC, com a limitação de planta que tem, fez milagre e Rafael, jogou muito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.