Três integrantes de torcidas organizadas foram assassinados em 7 dias em Natal
Notícias

Três integrantes de torcidas organizadas foram assassinados em 7 dias em Natal

O futebol está em alta no Rio Grande do Norte, com América e ABC conquistando acessos que deram muita alegria aos seus torcedores. Por outro lado, a violência entre membros de torcidas organizadas parece que continua sendo uma realidade preocupante.

A Polícia Civil investiga uma série de assassinatos registrados em sete dias na cidade de Natal, as vítimas, identificadas como Wellington Félix da Cunha, Jader Harison de Araújo Cavalcante e Talyson Mateus Olinto da Mota eram integrantes de torcidas organizadas e podem ter sido mortas devido a rivalidade entre elas e a ligação com Homicídios e tráfico de drogas.

Esta afirmação foi atestada por uma fonte do PortalBO que trabalha como delegado na DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa). O policial afirmou que existe um conflito antigo entre os dois grupos intitulados, “Máfia Vermelha” e “Gang Alvinegra”.

“Há anos que cenas de violência e morte interferem no espetáculo e magia do futebol potiguar”, disse o policial. 

Os assassinatos foram registrados entre os dias 12 e 19 de setembro, nos bairros Potengi e Pajuçara, zona Norte de Natal.

As investigações estão sendo realizadas pela DHPP e já indicam algumas possíveis razões, como a participação das vítimas nos crimes de homicídios e tráfico de drogas.

Portal 96

1 Comentário

  • TORRES 20 de setembro de 2022

    Antigamente os torcedores pegavam o mesmo ônibus, hoje fica essa rivalidade idiota de matar um ao outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.