A zebra e a queda do futebol sul-americano
Opinião

A zebra e a queda do futebol sul-americano

O que surpreendeu todo o mundo na abertura dos jogos da Copa do Catar nesta terça-feira (22) foi a postura da Arábia Saudita, que perdia para a Argentina na primeira etapa, e na etapa final, conseguiu virar o marcador nos primeiros oito minutos, vencendo por 2 a 1.

Lionel Messi, abriu o placar no primeiro tempo em cobrança de pênalti e viu outros três gols serem anulados. Na etapa final, Al-Shehri e Al-Dawsari marcaram nos primeiros oito minutos da etapa final e garantiram o triunfo dos sauditas.

Os outros integrantes do grupo, Polônia e México se enfrentam nesta terça-feira, 22, às 13h (horário de Brasília).

Na próxima rodada, a Argentina encara o México no sábado,26, às 16h. A Arábia Saudita enfrenta a Polônia no mesmo dia, às 10h (horário de Brasília).

O futebol sul-americano perdeu o protagonismo em nível mundial já faz algum tempo. O distanciamento – só para contextualizar – para o futebol da Europa, é abissal, e penso que tirando a rivalidade entre Brasil e Argentina, estamos no mesmo patamar quando se fala de seleção.

O futebol da América do Sul vem em queda livre já faz tempo, e o brasileiro muito mais, na medida em que sempre foi referência.

3 Comentários

  • Carlos 22 de novembro de 2022

    Acho a seleção brasileira bem superior a argentina. O 11 deles é um time sem alma, dependente do protagonismo de um Messi decadente.
    Nosso 11 é coletivo. Temos bons atacantes e uma boa defesa, coisa que os hermanos não possuem.

  • José Maria 22 de novembro de 2022

    Pra cima Argentina.

  • ADAILTON ARAUJO FIGUEIREDO 22 de novembro de 2022

    Temanhamos nós cuidado: “futebol é uma caixinha de surpresas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.