América fica no empate com o Crato
América

América fica no empate com o Crato

Primeiro tempo de imposição do América, mas uma imposição muito timida do time de Leandro Sena, que dominou o jogo, mas não conseguiu chegar com bola trabalhada, talvez pela dificuldade do gramado. As chegadas do América foram sempre de bola parada. O Crato, limitadíssimo tecnicamente ainda chegou duas vezes em desatenção da zaga nas bolas compridas do time cearense. Apesar de ter sido melhor no primeiro tempo onde faltou mais jogadas pelas laterais, Araújo não repetiu as mesmas atuações de jogos anteriores. Mas tem além do componente do gramado, um adversário extremamente fechado.

Na segunda etapa, Leandro Sena mexeu certo, tirando Zé Eduardo, Wermeson completamente alagado e Elvinho que não foram bem, mas as peças que entraram, Maycon Félix, Téssio e Luis Henrique ( este foi bem ) não renderam e o América caiu de produção, mesmo com o Crato jogando um bom tempo com um a menos, já que o volante Fernando foi expulso. Depois foi a vez de Bruno Pianissola que recém havia levado amarelo ser expulso. Já nos acréscimos foi a vez do zagueiro Jean, do Crato, ser expulso após falta violenta em Luis Henrique.

Fotos: Canindé Pereira

Calor e gramado não podem ser desculpas para o fraco desempenho do América, que foi melhor no primeiro tempo mas chegou apenas duas vezes em bolas paradas e na segunda etapa não conseguiu jogar.

Na próximo sábado, 30, o América enfrenta o Afogados na Arena das Dunas.

Nas vezes que conseguiu chegar, as investidas do América pararam no goleiro Celismar. O Crato é um time limitadíssimo, fraco mesmo no aspecto técnico.

Fala Leandro Sena!

” A gente teve o controle do jogo mas finalizou pouco. Nossa criação teve muita dificuldade de trabalhar, coloquei Luis Henrique para dar uma profundidade maior, mas valeu pelo empate e agora vamos pensar no próximo jogo. A gente esperar poder contar com Wallace Pernambucano e Allef, sempre respeitando o Departamento Médico. Dentro de casa na Arena das Dunas temos que fazer a nossa fortaleza”.

” Não queria tocar no assunto arbitragem, houve uma tremenda confusão, o Bruno já tinha amarelo, reclamou com a barreira e o bandeirinha achou que tinha sido com o árbitro “.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.